Uma grande parceria envolvendo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária (SETS), Prefeitura de Nova América da Colina e os Serviços Nacionais de Aprendizagem Industrial (Senai) e dos Transportes (Senat), além da Bandeirantes Desenvolvimento Profissional garantiram a formação e qualificação profissional de mais 53 trabalhadores do Norte Pioneiro.

Os alunos foram certificados após participar e concluir cursos profissionalizantes ofertados pelo Projovem Trabalhador, pelo Plano Territorial de Qualificação (Planteq) e pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). As instituições de ensino profissionalizante capacitaram os trabalhadores nas áreas de Serviços Pessoais, Construção e Reparos, Desenho Industrial e Movimentação Operacional de Produtos Perigosos (MOPP).

O secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli destacou a importância da formação e qualificação de mão de obra, por ser a Educação a principal forma de mudança de um país, sobretudo culturais e econômicas. “Todas as pessoas têm direito de aprender com qualidade, por meio da participação em cursos de qualificação profissional e social. Desta forma, trabalhadores e trabalhadoras de todo o Brasil têm a oportunidade de se qualificar para uma profissão, conquistar uma vaga no mercado de trabalho e mudar a sua vida e a das pessoas que lhe cercam”, comenta o secretário Romanelli.

O prefeito Alexandre Basso lembra que cada cidadão tem um potencial e uma condição de desempenhar uma atividade profissional, bastando para isso apenas o aperfeiçoamento e capacitação para que possa não somente ingressar, mas permanecer no mercado de trabalho. “A expectativa do cidadão é de que o município possa proporcionar oportunidades diferenciadas, em vários setores da economia, para promover o desenvolvimento da nossa comunidade. E esses cursos realizados em parceria com o MTE, a SETS e Prefeitura têm essa proposta”, esclarece o prefeito.

Romanelli acrescenta, ainda, que a qualificação profissional é uma grande conquista para os trabalhadores e para o município de Nova América da Colina. “É por meio da Educação Profissional que o cidadão passa a conquistar seus sonhos. Aliás, não há melhor projeto social do que oferecer ao cidadão paranaense a oportunidade dele trabalhar e sustentar a sua família por meio de um trabalho digno, honesto e decente”, enaltece.

Persistência — Durante a solenidade de entrega dos certificados de conclusão de curso, a primeira-dama de Nova América da Colina, Tânia Basso destacou a garra, empenho e persistência dos trabalhadores, que não mediram esforços para permanecer até o final das atividades educacionais.

Exemplo como de Eduardo Inácio, que trabalha em Londrina e com muita dificuldade conseguiu concluir o curso. Como prêmio, mais do que um certificado, ele foi promovido na empresa em que trabalha, melhorando a renda mensal. “Esse é um exemplo vivo de que vale a pena persistir, vale a pena lutar e correr atrás de seu sonho. É de exemplos assim que se faz um Paraná e um Brasil melhor”, parabeniza.
Emocionado, Eduardo Inácio reforçou o que foi transmitido aos formandos pela primeira-dama. “Não desistam de seus sonhos. Insistam, persistam, sejam perseverantes na busca dos objetivos de cada um de vocês. Esse é o começo de um futuro que cada um de nós passa a escrever”, relata.

A estudante Ana Paula da Silva, 28 anos conclui curso de qualificação profissional na área de construção e reparos, onde destacou como importante os conhecimentos obtidos na área de manutenção de rede elétrica. “O aprendizado é importante, de coisas que podemos fazer no dia a dia, sem ter de recorrer a profissionais. Desta forma, eu mesmo posso fazer o serviço. Espero agora uma oportunidade para começar a trabalhar”, estima.

O motorista Lucan Silva Cardoso, 25, concluiu o curso de Movimentação e Operação de Produtos Perigosos (MOPP), pelo Serviço Nacional de Aprendizagem no Transporte (Senat). Para ele, foi a oportunidade de melhorar na profissão. Após o término do curso, ele já recebeu proposta de trabalho salário 60% maior que o atual rendimento mensal. “O curso é muito sério e me garantiu a oportunidade de mudar de profissão. Sem dúvida alguma, uma excelente opção para quem quer se qualificar para o mercado de trabalho”, aconselha.

Para Sandra Cristina Novaes, 28, que concluiu o curso de Serviços Pessoais, o curso ofertado pelo Projovem Trabalhador foi um incentivo a abrir o seu próprio empreendimento. “É um sonho antigo que agora estou mais perto de realizar”, garante. Já o metalúrgico Valdenir Gomes de Abreu se qualificou em Desenho Mecânico pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). “Eu optei por esse curso porque como já trabalho na área, tenho certeza de que o aprimoramento profissional vai garantir melhoria das condições de trabalho. O aprimoramento melhorou em muito o meu desempenho profissional”, conclui.