O secretário estadual do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli participou nesta terça-feira (25),da entrega pelo governador Beto Richa de recursos a fundo perdido para os municípios de Jundiaí do Sul, Tomazina e Conselheiro Mairinck. Os recursos são do Plano de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios (PAM), aplicados em projetos definidos pela população de cada município.

“O PAM está entre as inúmeras iniciativas do governo estadual para dar aos prefeitos, maior capacidade de resposta às necessidades de suas populações”, disse o governador Beto Richa. “Esses programas confirmam o caráter municipalista deste governo, sensível às demandas dos prefeitos, especialmente neste período de queda nos repasses federais”, afirmou.

Romanelli explicou que pelo PAM as prefeituras recebem de R$ 300 mil a R$ 550 mil, de acordo o número de habitantes. “O importante deste programa é que a população pode escolher o que fazer com o dinheiro”.

Em Tomazina, com os R$ 330 mil do PAM, a prefeitura irá adquirir terreno para um parque industrial. “Estamos sempre em contato com grandes empresas para que se instalem no nosso município e garantam empregos à população. No entanto, tínhamos dificuldade de instalá-las”, disse o prefeito Guilherme Cury, que é presidente da Associação de Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi).

Em Jundiaí do Sul, o prefeito Jair Sanches do Nascimento vai investir o recurso de R$ 300 mil na reforma do clube recreativo e na pavimentação asfáltica de ruas e avenidas do município.

Já o prefeito Luiz Carlos Sanches Bueno de Conselheiro Mairinck, explicou que o recurso no valor de R$ 300 mil será investido na pavimentação de vias urbanas, em terreno e academia.

“O PAM está entre as inúmeras iniciativas do governo estadual para dar aos prefeitos, maior capacidade de resposta às necessidades de suas populações”, disse o governador Beto Richa. “Esses programas confirmam o caráter municipalista deste governo, sensível às demandas dos prefeitos, especialmente neste período de queda nos repasses federais”, afirmou.

No total, o PAM repassa R$150 milhões a municípios com até 50 mil habitantes. Atendem a esse critério 367 municípios paranaenses. Destes, 281 já apresentaram os projetos e estão autorizados a receber o dinheiro. Os recursos do PAM são provenientes de devolução orçamentária da Assembleia Legislativa, que, pela economia feita pelos deputados e pela casa em geral, conseguiu devolver o valor para que fosse investido pelo Poder Executivo na melhoria de vida nas pequenas cidades.