Os temas “fakes” e a campanha presidencial

A jornalista Eliane Brum faz uma analise certeira e lucida sobre esse fenômeno que cresce no país há alguns anos, em sua coluna no El Pais Brasil, a partir do fechamento da mostra Queer Museum – Cartografia da Diferença na Arte Brasileira, em Porto Alegre.

Na coluna ela traça uma linha temporal sobre como temas morais foram pautados em sucessivas eleições, contaminando o debate politico. A partir daí movimentos (ou milícias como ela apropriadamente os define) passaram a disseminar suas “bandeiras”, como o fim das cotas raciais, a Escola sem partido, redução da maioridade penal, fim do desarmamento, e tantas outras.

O debate sobre os verdadeiros problemas brasileiros foi substituído por esses temas morais rastaqueras. “Com esse truque de ilusionismo coletivo se desvia da necessidade de mudar algo muito mais estrutural em um dos países mais desiguais do mundo”, analisa.

Um ponto essencial para entender como chegamos a esse estado de trevas em que a realidade e os problemas reais são substituídos por temas acessórios é o poder de comunicação que pode servir a determinados projetos de poder.

“O poder destas milícias está em mostrar que são capazes de se comunicar com as massas e, portanto, de influenciar tanto eleitores quando odiadores, num momento histórico em que estas duas identidades se confundem. E este é um enorme poder, que claramente tem sido colocado a serviço de políticos e de partidos tradicionais”, explica Brum.

Vivemos tempos de intolerância e de ódio que se espalha tal e qual fogo morro acima no território sem dono da internet e das redes sociais e com consequências imprevisíveis no campo politico.

A Influência desses movimentos e/ou milícias nas redes sociais – reverberada pelos meios de comunicação- ainda não pode ser mensurada. Alguns políticos, como João Dória e Jair Bolsonaro, já perceberam o poder das milícias e dos tais influenciadores digitais para arregimentar seguidores e disseminar suas mensagens.

Se ainda não se pode medir com exatidão a capacidade de influenciar e arregimentar dessas milícias, é um fato inegável que há um recrudescimento da intolerância, do conservadorismo e autoritarismo no país, uma onda de direita a exemplo do que acontece também na Europa, onde partidos de extrema direita avançam com seu discurso nacionalista e xenófobo.

Preocupante que o discurso de medo e ódio das redes sociais seja reproduzido nos veículos de comunicação. Aqui no Paraná, essa direitização chegou ao mais tradicional veiculo de comunicação do Estado. Para meu espanto, acompanho a desconstrução da imagem do educador Paulo Freire, a apologia a Bolsonaro e até a reprodução da acusação de heresia ao papa Francisco.

Que ninguém se engane, disso não resulta coisa boa. O inimigo hoje é a exposição do Santander em Porto Alegre, a exposição do MAM em São Paulo, a peça de teatro com um Cristo transgênero, (de mau gosto na minha avaliação), mas amanhã o alvo do ódio pode ser qualquer um, inclusive você. Porque como a história nos mostra, o inimigo pode ser mudado conforme a conveniência. Com consequências também imprevisíveis.

Boa Semana! Paz e Bem!

*Luiz Cláudio Romanelli, advogado e especialista em gestão urbana, ex-secretário da Habitação, ex-presidente da Cohapar, e ex-secretário do Trabalho, é deputado pelo PSB e líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná.

Municípios de Romanelli recebem R$ 4 milhões para obras e melhorias

O Governo do Estado repassou nesta terça-feira (03/10) mais de 4 milhões em investimentos em 8 municípios da base do deputado Luiz Claudio Romanelli. No total, o governo liberou R$ 22 milhões para 99 municípios.

O governador Beto Richa também liberou a tramitação de pedidos de financiamentos de outros oito municípios. Os projetos apresentados somam mais R$ 15,3 milhões. Além disso, foram homologados editais de licitações de obras e de compras para outros mais 42 municípios que haviam sido autorizados a captar recursos juntos ao Governo do Estado.

Os convênios foram assinados pelo governador durante encontro com os prefeitos no Palácio Iguaçu, em Curitiba. As prefeituras vão investir em melhoria da infraestrutura urbana, compra de equipamentos rodoviários, veículos, equipamentos agrícolas, tratores, caminhões basculantes, kits de material esportivo e miniarenas.

O governador afirmou que o apoio aos municípios está entre as prioridades do Estado. Ele disse que os repasses são contínuos e atingem todas as áreas. “Estamos trabalhando para construir um Estado mais justo, mais humano e cada vez melhor para se viver. Temos uma administração eficiente, dinheiro em caixa e as obras continuam por todo o Paraná”.

Segundo ele, a liberação também representa a boa situação financeira do Paraná. “Fizemos o ajuste fiscal e hoje a nossa situação é diferenciada em relação aos outros estados brasileiros, estamos de pé em meio à crise nacional. Temos o maior investimento da história do Paraná, com R$ 8 bilhões”, destacou Richa.

O deputado Luiz Claudio Romanelli, líder do governo da Assembleia Legislativa do Paraná elogiou a iniciativa do governador do estado em repassar recursos para investimentos. “Semanalmente o governador Beto Richa tem reunido prefeitos para liberar pedidos de financiamento e repassa  recursos para investimentos. Sem esse apoio dificilmente as prefeituras teriam condições de executar essas obras”, afirma Romanelli.

O prefeito de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, Gerson Colodel, destacou a importância do apoio do Estado aos municípios nesse momento de crise nacional. “As prefeituras mal conseguem pagar a folha de funcionários, dependemos muito da ajuda do Governo do Estado para fazer investimentos. O apoio do estado não tem faltado, o governador Beto Richa tem um olhar diferenciado e consegue enxergar as necessidades dos municípios”, afirmou.

O município assinou contrato de financiamento de R$ 2 milhões para obras de pavimentação. São cerca de 3 km de ruas asfaltadas que dão acesso a escolas e vias importantes na região. Além disso, o prefeito assinou convênio no valor de R$ 1,5 milhão para a área de esporte. O recurso é a fundo perdido. “O esporte é fundamental para a vida dos jovens, principalmente para diminuir à violência. Vamos receber cinco miniarenas para distribuir em diversos pontos da cidade, com essas unidades poderemos atender toda a comunidade”.

Romanelli e prefeitos acertam projetos para o Norte Pioneiro

Prefeitos de oito municípios da região do Norte Pioneiro estiveram nesta terça (14), na Casa Civil do Governo do Paraná, em Curitiba. As audiências, individuais com cada prefeito e o secretário Valdir Rossoni, foram organizadas pelo líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Durante os encontros, os prefeitos puderam solicitar obras e serviços prioritários nas mais diversas áreas de atendimento à população. A saúde é a principal demanda da população, seguida por obras de infraestrutura. A Casa Civil é a secretaria responsável pela coordenação de todos os projetos do governo estadual.

“É a primeira vez que isso acontece, mas já temos outras audiência programadas para as próxima semana. É fundamental essa conversa frente a frente com os prefeitos, pois eles são a ponta da administração pública que recebe as demandas diretamente da população”, disse o deputado Romanelli.

Para o prefeito Sérgio Kronéis, de São José da Boa Vista, a parceria com o governo do estado é fundamental no início dos mandatos. “Com o início do ano em um ano de crise, queda na arrecadação e início de mandato, mesmo no caso de prefeitos reeleitos como eu, é fundamental manter parcerias para obras e serviços funcionarem bem”, destacou.

Além de Sérgio, participaram os prefeitos Edimar Santos (Santa Cecília do Pavão), Carlinhos Tamura (Uraí), Darlene do Prado Moreira (Rancho Alegre), Zé Vareta (Prefeito em exercício de Quatiguá), Alexandre Basso (Nova América da Colina), Acácio Secci (Assaí) e Gimerson de Jesus (Sapopema).

Richa assina Plano Diretor de Pontal do Paraná, no Litoral

O Governador Beto Richa, durante assinatura do decre to Plano Diretor em Pontal Do Parana. FOTO Orlando Kissner/ANPr-19/01/2017

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (19) o decreto que ratifica o Plano Diretor Municipal (PDM) de Pontal do Paraná, no Litoral do Estado. O documento, que ordena o crescimento do município e garante o desenvolvimento econômico com sustentabilidade, era buscado há quase duas décadas e teve várias versões anteriores. No Litoral, Guaratuba e Matinhos já tiveram seus planos diretores aprovados em 2014.

“Há cerca 20 anos, Pontal do Paraná busca a elaboração de um Plano Diretor, com várias versões até esta, que foi aprovada. Com a regulamentação do uso e ocupação do solo, o Plano Diretor permite mais desenvolvimento econômico para a região, harmonizando também com o meio ambiente”, disse o governador na solenidade, junto com o prefeito Marcos Fioravante e com a presença da comunidade, empresários, deputados estaduais e prefeitos da região.

O Governador Beto Richa, durante assinatura do decre to Plano Diretor em Pontal Do Parana. FOTO Orlando Kissner/ANPr-19/01/2017

Richa ressaltou que o PDM garante segurança jurídica aos investidores, o que pode estimular novos empreendimentos para Pontal do Paraná, e que também ajuda a combater e proibir os empreendimentos clandestinos. “Os benefícios do Plano Diretor que assinamos neste momento são imensuráveis. Certamente é uma grande conquista para o desenvolvimento de Pontal do Paraná”, afirmou Richa.

Hoje, cerca de 20% dos imóveis de Pontal do Paraná são irregulares, o que traz prejuízos para a prefeitura e, consequentemente, para o meio ambiente. O PDM de Pontal do Paraná começou a ser discutido em 1998. O novo documento foi homologado pelo Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral do Paraná (Colit), em dezembro de 2016.

O Governador Beto Richa, durante assinatura do decre to Plano Diretor em Pontal Do Parana. FOTO Orlando Kissner/ANPr-19/01/2017

Na reunião de dezembro de 2016, o Colit apontou algumas questões que precisariam ser alteradas no documento, principalmente as referentes às áreas ocupadas, que estavam em desacordo com a Lei de Zoneamento. Quando todas as recomendações ficaram acertadas, o Plano Diretor foi aprovado pelo Conselho e pela Câmara Municipal de Pontal do Paraná.

UM SONHO – O prefeito Marcos Fioravante ressaltou a importância do Plano Diretor para o município e o apoio do Governo do Estado para a elaboração e encaminhamento do documento. “É tudo o que precisamos para o nosso desenvolvimento, não é de hoje que estávamos tentando conseguir”, disse Fioravante. “É um sonho, como prefeito e morador, estar presente nesse ato tão esperado pelo município. Em Pontal do Paraná a questão ambiental é muito forte e, com o plano, a gente começa a trabalhar com mais segurança, tranquilidade e certeza. O leme está certinho e o barco na direção certa”, afirmou. “Percebo que o governo estadual quer ajudar e os prefeitos têm de aproveitar essa oportunidade”, disse ele.

O secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Boneti, lembrou que com PDM é possível ao município fazer o controle social. “A partir do Plano Diretor há uma referência, se for necessário, a sociedade e as autoridades fazem a revisão, que está prevista em lei. Automaticamente o controle será maior e os danos ambientais diminuem muito, porque há diretrizes e parâmetros para que a fiscalização aumente”, disse.

MAIOR GANHO – Para o diretor-geral da Secretaria Municipal de Recursos Naturais, Ricardo Aguiar, o Plano Diretor é o maior ganho de Pontal do Paraná nos últimos. “Hoje é um dia histórico para a nossa cidade, porque a partir de agora temos ordenamento, poderemos crescer, respeitando o meio ambiente, as comunidades e todo o povo de Pontal, o turismo e os turistas”, disse Aguiar.

Ele lembrou que o documento obedece o Estatuto das Cidades e tem revisão de dez em dez anos. “O governador Beto Richa, com a força do Governo do Estado, nos garantiu estar aqui comemorando este fato. Sem o governo, o município não teria estrutura técnica e financeira para a elaboração deste plano, que talvez seja o mais moderno do País”, afirmou Aguiar.

A participação do Governo do Estado foi ressaltada, também, pelo ex-secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários de Pontal do Paraná e um dos responsáveis pela elaboração do plano, Luiz Carlos krezinski. “O Governo do Estado foi decisivo, porque em uma das dificuldades que tínhamos, o Estado supriu fazendo o Zoneamento Ecológico Econômico do Estado do Paraná, que definiu o que seria área para poder o usar e o que seria para ser preservada. Tivemos também um problema com a demarcação de uma área da Funai, por exemplo, mas o próprio Estado fez a defesa do município”, disse ele.

LEI – De acordo com a Lei Federal 10.257, de 2001, todos os municípios com mais de 20 mil habitantes precisam ter planos diretores. O Paraná, no entanto, exige que todos os municípios do Estado, independente da população, tenham seus planos diretores. “Essa é a melhor forma de o município ter acesso aos recursos financeiros disponibilizados pelos estados”, diz Carlos Augusto Storer, geógrafo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano do Paraná .

O Paraná é protagonista no Brasil, sendo um dos estados com o maior número de municípios com planos diretores, de acordo com o estudo Perfil dos Municípios Brasileiros, do IBGE, publicado em 2013. Dos 399 municípios, apenas 16 não possuem Planos Diretores. Dos 16 municípios que ainda não têm Planos Diretores, oito não tinham condições financeiras de preparar os documentos. O governador Beto Richa e o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, estabeleceram estudos para dar condições de igualdade a eles para que pudessem ter o seu Plano Diretor, como exige o Estatuto da Cidade.

A cada um desses oito municípios foi autorizado que licitassem no limite de até R$ 50 mil para que fizessem o seu Plano Diretor. Dos oito municípios, um deles rescindiu o contrato e ficou fora: Jundiaí do Sul. Os demais municípios que receberam apoio são Bom Jesus do Sul, Corumbataí do Sul, Itaperuçu, Jaboti, Presidente Castelo Branco, Rio Branco do Ivaí, Salto do Itararé. Dos 16, oito elaboram o Plano Diretor por conta própria: Marilândia do Sul; Palmeira; Pérola D’Oeste; Primeiro de Maio; Salgado Filho; Santa Inês; São João do Caiuá e Tomazina.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o secretário executivo do Conselho De Desenvolvimento Territorial do Litoral do Paraná, Alfredo Parodi; o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Pontal do Paraná, Gilberto Spinoza; o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche; os deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi e Nelson Justus, e o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Romanelli e Marcos Mello articulam retomada das obras do CEEP de Colorado

16229788_1064607240316637_227676296_oA retomada das obras do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) de Colorado, município do Noroeste do Paraná, foi tema de uma reunião de trabalho realizada nesta quarta-feira (18), em Curitiba, com participação do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli e o prefeito Marcos Mello, que assumiu a gestão do município no início deste mês.

As obras do CEEP de Colorado foram iniciadas em 2015 e estão orçadas em cerca de R$ 6 milhões, sendo que R$ 2,6 milhões já foram pagos. O investimento é do Governo Federal e do Governo do Estado. “É fundamental que a obra seja concluída pois vai qualificar muita gente, é uma conquista para o município. Vamos trabalhar junto com o deputado Romanelli pela retomada das obras e instalação da estrutura”, disse o prefeito Marcos Mello.

16196979_1064607710316590_1099720989_oLíder do governo na Assembleia, o deputado Romanelli solicitará informações à Secretaria de Educação do Paraná e ao Ministério da Educação sobre as circunstâncias que levaram à paralisação e o que fazer para que as obras sejam retomadas o mais breve possível. “Sabemos das atuais dificuldades pelas quais passam todos os governos da federação, mas essa é uma obra fundamental. Uma boa infraestrutura é essencial para o bom ensino aos estudantes”, disse Romanelli.

Para o deputado, o CEEP de Colorado significará um importante passo para o desenvolvimento do município e região vizinha. “O governo estadual tem investido há alguns anos nos CEEP’s. O que temos visto é que a educação profissional  possibilita, não só a qualificação de pessoas para o mercado de trabalho, mas também a geração de novos negócios, de empreendedores e o desenvolvimento local como um todo. O que é muito importante. Valorizar e investir nos municípios do interior, é uma das prioridades dessa gestão”, completou.

Quando concluído, o novo centro terá capacidade para atender 1,2 mil estudantes. Serão cursos técnicos em Eletrotécnica, Eletromecânica, Química, Açúcar e Álcool, Curtimento e Zootecnia, entre outros no futuro, que atenderão uma região com cerca de 50 mil habitantes.

Nova América da Colina recebe equipamentos sociais e sete veículos

nova 7Em Nova América da Colina, nesta sexta-feira (01), foram inaugurados três novos equipamentos sociais que atenderão a área da saúde  e assistência social do município. São eles a Unidade Básica de Saúde (UBS), Unidade de Saúde da Família e o Centro de Referência e Assistência Social (Cras).

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli esteve nas inaugurações e destacou o trabalho que o prefeito Alexandre Basso faz na cidade. “A gestão de Nova América da Colina tem sido feita com muito capricho pelo Alexandre. São conquistas atrás de conquistas, sempre a favor do interesse público, além da luta em proporcionar uma vida melhor a todos os colinenses. E com certeza, com nosso apoio e do Governo do Estado, continuaremos a trabalhar mais e mais”, disse.

nova 3De acordo com o prefeito Alexandre Basso, as três inaugurações representam um novo começo aos moradores do município e região. “O trabalho social que será feito aqui representa além do desenvolvimento social. Nossa população merece um atendimento de qualidade para tratar da saúde. O Cras, por exemplo, faz atendimento social às famílias e realiza reuniões periódicas com os grupos de idosos e de gestantes. Estamos muito satisfeitos e orgulhosos pelo nosso trabalho em parceria com o deputado Romanelli”, afirmou.

Veículos – Além das inaugurações também outros sete veículos foram entregues para atender a frota municipal na área da saúde e da educação da cidade.

O Campo Municipal usado para práticas esportivas também foi entregue após reformas.

Romanelli destaca recursos para saúde no Norte Pioneiro

1904 SAUDE3O governador Beto Richa anunciou nesta terça-feira (19), a liberação de R$ 3 milhões para a compra de equipamentos para Unidades de Saúde da Família de municípios do Norte Pioneiro. Cada prefeitura receberá R$ 115 mil para a compra de mesas clínicas, aparelhos de consultório odontológico, pinças, autoclaves e mobiliário. A informação é do deputado Luiz Claudio Romanelli, representante de cidades da região na Assembleia Legislativa.

“É mais uma demonstração do compromisso do governo estadual com a saúde pública em nossos municípios. Destaco que a nossa região é uma das mais beneficiadas até porque é uma das que mais precisam. Ainda vamos avançar mais nesta área tão importante para a nossa população”, disse o deputado Romanelli.

O líder governo destacou que esses recursos são complementares à outras ações já desenvolvidas pelo governo estadual, como a aquisição de novas ambulâncias, reforma de unidades de saúde, compra de estoque de medicamentos e vacinas, entre outras.

Governador Beto Richa libera recursos do programa Apsus para unidades de saúde de 249 municípios. Presentes, secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, secretário da Justiça e Cidadania, Artagão de Matos Leão, presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, deputados estaduais, federais, prefeitos e demais autoridades. Curitiba, 19/04/2016. Foto: Pedro Ribas/ANPr

O recurso para a compra dos equipamentos assinado hoje é da Secretaria de Estado da Saúde, pelo programa de qualificação da atenção primária do SUS (ApSUS), criado pelo governador e que já destinou R$ 183 milhões para a construção, reforma ou ampliação de 503 unidades de saúde em todo o Estado.

“Estamos mais uma vez demonstrando o compromisso com a saúde pública de qualidade e com um atendimento mais ágil e humano”, afirmou o governador Beto Richa. “Nesse período de dificuldade econômica, é muito importante que o Estado apoie as prefeituras paranaenses com recursos para investimentos”, disse.

Richa ressaltou a importância e a atenção que sua administração dá à área da saúde. “No nosso governo, a saúde vive um bom momento. Em quatro anos, investimos nesta área mais que o dobro do governo anterior. Isso mostra a responsabilidade com uma área que é essencial para população”, afirmou.

Governador Beto Richa libera recursos do programa Apsus para unidades de saúde de 249 municípios. Presentes, secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, secretário-chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, secretário da Justiça e Cidadania, Artagão de Matos Leão, presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, deputados estaduais, federais, prefeitos e demais autoridades. Curitiba, 19/04/2016. Foto: Pedro Ribas/ANPr

Entre os municípios do Norte Pioneiro beneficiados estão Andirá, Bandeirantes, Cidade Gaúcha, Conselheiro Mairinck, Diamante do Norte, Itaúna do Sul, Joaquim Távora, Nova Santa Bárbara, Rancho Alegre, Santana do Itararé, São José da Boa Vista, São Sebastião da Amoreira e Sapopema.

O prefeito de São José da Boa Vista, Pedro Sérgio Kronéis, destacou que os recursos vem em boa hora. “Infelizmente o governo federal diminuiu significativamente, além de atrasar, os recursos para a saúde. Então a ajuda do governo do Estado é fundamental. Destaco o trabalho do Governador Beto Richa, do deputado Romanelli e do secretario Caputo, que são guerreiros em prol dos municípios”, disse.

  Projeto Vencer Araucária recebe título de utilidade pública

 

 

DSC02194Assembleia aprovou nesta quarta-feira (30) lei de autoria do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB), que concede o título de utilidade pública estadual à Associação Esportiva Vencer (Projeto Vencer) do município de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O projeto tem como objetivo contribuir com a formação cidadã de jovens através da prática esportiva.

De acordo com Romanelli, líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), a Associação é merecedora do título, pois há 13 anos atua a favor do desenvolvimento da população jovem de Araucária. “São jovens de sete a 17 anos que participam de treinos semanais e também competições de futebol. Isso auxilia no desenvolvimento mental e físico, o que traz oportunidades nas modalidades”, afirmou.

O Projeto Vencer é uma associação civil, sem fins lucrativos, de caráter cultural, educativo, assistencial e filantrópico. Funciona desde 2003 e já possui título de utilidade municipal. “É um importante projeto, pois promove o incentivo de atividades esportivas e culturais a jovens e adultos, o que proporciona melhor qualidade de vida saudável e educativa”, concluiu Romanelli.

Foto – Projeto Vencer\Site

Richa e Romanelli entregam casas populares em Santa Mônica

20160304112749A população de Santa Mônica, município no Noroeste do Paraná, recebeu nesta sexta (04), mais 69 unidades habitacionais populares. As casa foram constrúidas pela Cohapar e entregues pelo governadro Beto Richa e pelo deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, líder do governo na Assembleia e representante da cidade na Assembleia. As unidades farão parte do Residencial Santa Mônica III e são resultado de um investimento de mais de R$ 3 milhões em parceria do governo estadual e prefeitura municipal.

Segundo o deputado Romanelli, as unidades são de extrema importância para a população de Santa Mônica. “Dar o direito de ter uma casa às pessoas, é algo muito satisfatório. São conquistas assim que nos dá vontade de continuar na luta para melhorar a vida das famílias paranaenses”, afirmou.

20160304112839 (1)Durante a solenidade, também foram entregues quatro veículos para serem utilizados no transporte de pacientes na área da saúde, sendo eles uma ambulância, uma van e dois pálios, além de 800 toneladas de calcário que deve beneficiar 140 pequenos produtores da região de Santa Mônica. Tudo por articulação do deputado Romanelli em parceria com o Governo do Estado.

Para o prefeito Sergio Jose Ferreira, as entregas fazem parte da realização dos sonhos de muitas famílias em Santa Mônica. “Estamos aqui mostrando bons resultados com a forte parceria que temos com nosso deputado Romanelli e com o governador Beto Richa. Isso prova para as pessoas que dizem que o governo não fez nada em três anos. Fez muito sim e aqui provo cada conquista”, ressaltou.

Para o governador do Estado, Beto Richa, os avanços nos municípios do interior tem grande importância para todo o Paraná. “Queremos que nossas cidades cresçam e se desenvolvam e são investimentos como esses que conseguiremos ir muito além”, disse.

Santa Cruz de Monte Castelo terá mais R$ 2 milhões para pavimentação

_DSC0448O município de Santa Cruz de Monte Castelo, no Noroeste do Paraná, terá mais R$ 2 milhões liberados para obras de pavimentação asfáltica. O convênio foi assinado na manhã de hoje (14), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, pelo governador Beto Richa, pelo deputado estadual Luis Claudio Romanelli e pelo prefeito Zé Maria.  Os recursos são das linhas Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM) e Programa de Apoio à Aquisição de Máquinas e Equipamentos Rodoviários para Prefeituras (Promap II), gerenciados em parceria pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Fomento Paraná.

O convênio faz parte de um pacote de obras de pavimentação e recape asfáltico, calçadas, reforma de ginásio, de hospital e construção de capela mortuária, compra de equipamentos rodoviários e outras melhorias para 39 municípios, de todas as regiões, farão com recursos financiados pelo Governo do Estado. O investimento soma R$ 60,5 milhões. O governador Beto Richa recebeu os prefeitos para autorizar e homologar licitações. Do total de recursos, R$ 13,5 milhões são de novos contratos, que no mesmo encontro, foram firmados pela Fomento Paraná com nove municípios.

O governador afirmou que a liberação de recursos para infraestrutura urbana e viária e para aquisição de equipamentos é uma rotina no Paraná e demonstra o cunho municipalista da administração. “Entendemos que precisamos investir nas cidades onde as pessoas vivem para garantir qualidade de vida a todos, ainda mais neste momento de profunda recessão econômica, com redução brutal das arrecadações pelas administrações públicas”, disse ele. Richa destacou que o governo estadual se faz presente no momento em que o governo federal diminui os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é a principal fonte de receita para as cidades com até 50 mil habitantes. “Mais que nunca o nosso governo apoia as iniciativas nos municípios para garantir mais infraestrutura e, consequentemente, vida melhor aos paranaenses”, completou.

O deputado Romanelli destacou que com os convênios assinados hoje o Governo do Paraná bate um recorde histórico de financiamentos municipais pela Fomento Paraná”. “São R$ 1 bilhão em financiamentos de obras e aquisição de máquinas e equipamentos para atender aos municípios paranaenses desde 2011, o que confirma o apoio do governador Beto Richa para atender a demanda de infraestrutura e o desenvolvimento das cidades”, disse.

Parceria – Os prefeitos destacaram a importância da parceria com o governo estadual para executarem obras reivindicadas pela população. Em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, os recursos de mais de R$ 3,7 milhões, contratados junto à Fomento, serão destinados para a construção de uma ponte que ligará o bairro Cristo Rei ao Centro da cidade, beneficiando de 30 mil a 40 mil pessoas. “Não conseguiríamos fazer esta obra sem este financiamento. Durante a gestão do governador Beto Richa, tivemos várias obras em nossa cidade, que estão colaborando muito para melhorar a vida da população de Francisco Beltrão e de todo o Sudoeste do Paraná”, afirmou o prefeito Antonio Cantelmo Neto.

Para o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, os repasses estaduais contribuem com os municípios que não têm recursos próprios. “Fechamos o ano de uma forma muito positiva. Mesmo com esta crise que o Brasil vive, o Paraná atinge um grande volume de repasses aos municípios”, disse. “É uma parceria muito sadia que, cria empregos nas cidades e ajuda os municípios a se desenvolverem e melhorar a vida das pessoas”, destacou Ratinho.