O novo horário para pronunciamentos na Alep; o Horário Eleitoral

27025892276_d04f2f8401_z (1)Ao comentar sobre a Frente Parlamentar Contra a Prorrogação dos Contratos de Pedágio, lançada nesta segunda-feira (16), o líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), afirmou que não compreendeu muito bem o objetivo desta Frente, uma vez que o governador Beto Richa (PSDB) também é contra essa renovação.

“O governador tem uma posição muito clara sobre isto. A princípio, ele é contrário a renovação dos contratos de pedágio. Quem tem efetivamente tratado este tema são as entidades representativas do setor patronal que foram a Brasília. O Governo não tem nenhuma intenção de renovar ou prorrogar o contrato de pedágio no Paraná nos moldes que se apresentam hoje”, disse Romanelli.

O deputado também mostrou-se preocupado com o cunho eleitoreiro, visando o pleito municipal deste ano, que esta comissão possa ter. “Eu não quero acreditar que esta Frente foi criada única e exclusivamente para promover pré-candidatos a prefeito de diversas cidades do Paraná que também são deputados estaduais”, afirmou.

Ainda seguindo com o tema, o deputado Romanelli fez uma crítica aos longos discursos, que não possuem assuntos relacionados as questões discutidas na Assembleia Legislativa, que estão sendo feitos nos últimos dias. “Se continuar assim, daqui a pouco nós teremos que abrir, aproveitando o período pré-eleitoral, o pequeno expediente, o grande expediente, os horários das lideranças e o horário eleitoral gratuito, para que cada um possa fazer a propaganda da sua plataforma como candidato a prefeito” ironizou Romanelli.

Santa Cruz de Monte Castelo terá mais R$ 2 milhões para pavimentação

_DSC0448O município de Santa Cruz de Monte Castelo, no Noroeste do Paraná, terá mais R$ 2 milhões liberados para obras de pavimentação asfáltica. O convênio foi assinado na manhã de hoje (14), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, pelo governador Beto Richa, pelo deputado estadual Luis Claudio Romanelli e pelo prefeito Zé Maria.  Os recursos são das linhas Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM) e Programa de Apoio à Aquisição de Máquinas e Equipamentos Rodoviários para Prefeituras (Promap II), gerenciados em parceria pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Fomento Paraná.

O convênio faz parte de um pacote de obras de pavimentação e recape asfáltico, calçadas, reforma de ginásio, de hospital e construção de capela mortuária, compra de equipamentos rodoviários e outras melhorias para 39 municípios, de todas as regiões, farão com recursos financiados pelo Governo do Estado. O investimento soma R$ 60,5 milhões. O governador Beto Richa recebeu os prefeitos para autorizar e homologar licitações. Do total de recursos, R$ 13,5 milhões são de novos contratos, que no mesmo encontro, foram firmados pela Fomento Paraná com nove municípios.

O governador afirmou que a liberação de recursos para infraestrutura urbana e viária e para aquisição de equipamentos é uma rotina no Paraná e demonstra o cunho municipalista da administração. “Entendemos que precisamos investir nas cidades onde as pessoas vivem para garantir qualidade de vida a todos, ainda mais neste momento de profunda recessão econômica, com redução brutal das arrecadações pelas administrações públicas”, disse ele. Richa destacou que o governo estadual se faz presente no momento em que o governo federal diminui os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é a principal fonte de receita para as cidades com até 50 mil habitantes. “Mais que nunca o nosso governo apoia as iniciativas nos municípios para garantir mais infraestrutura e, consequentemente, vida melhor aos paranaenses”, completou.

O deputado Romanelli destacou que com os convênios assinados hoje o Governo do Paraná bate um recorde histórico de financiamentos municipais pela Fomento Paraná”. “São R$ 1 bilhão em financiamentos de obras e aquisição de máquinas e equipamentos para atender aos municípios paranaenses desde 2011, o que confirma o apoio do governador Beto Richa para atender a demanda de infraestrutura e o desenvolvimento das cidades”, disse.

Parceria – Os prefeitos destacaram a importância da parceria com o governo estadual para executarem obras reivindicadas pela população. Em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, os recursos de mais de R$ 3,7 milhões, contratados junto à Fomento, serão destinados para a construção de uma ponte que ligará o bairro Cristo Rei ao Centro da cidade, beneficiando de 30 mil a 40 mil pessoas. “Não conseguiríamos fazer esta obra sem este financiamento. Durante a gestão do governador Beto Richa, tivemos várias obras em nossa cidade, que estão colaborando muito para melhorar a vida da população de Francisco Beltrão e de todo o Sudoeste do Paraná”, afirmou o prefeito Antonio Cantelmo Neto.

Para o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, os repasses estaduais contribuem com os municípios que não têm recursos próprios. “Fechamos o ano de uma forma muito positiva. Mesmo com esta crise que o Brasil vive, o Paraná atinge um grande volume de repasses aos municípios”, disse. “É uma parceria muito sadia que, cria empregos nas cidades e ajuda os municípios a se desenvolverem e melhorar a vida das pessoas”, destacou Ratinho.